quinta-feira, 30 de julho de 2015

Estados de Alma II




Hoje deixo-vos com um excerto do Poema "Monólogo e Explicação", de Francisco Assis Pacheco (1937-1995), Poeta e Jornalista que, assim como eu, viveu os terrores da Guerra.

Bem haja a todos!



"Dizem que a guerra mata: a minha
desfez-me logo à chegada.

Dizem que a guerra passa: esta minha passou-me para os ossos e não sai."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A tua opinião é importante! Comenta aqui!